Financiar a Faculdade Compensa? Prós e Contras

No Brasil, o nível superior pode custar muito caro no bolso dos estudantes, e por isso, esse sonho é adiado. Em contrapartida, existem algumas possibilidades que irão ajudar você a começar o curso dos seus sonhos, por exemplo, o financiamento estudantil. Mas afinal, ser que este recurso compensa? Veja a seguir os prós e contras de financiar a faculdade.

O que é o financiamento estudantil?

Quando o estudante de baixa renda deseja ingressar no ensino superior, mas não pode arcar com as mensalidades, ele pode optar pelo financiamento estudantil.

Este tipo de financiamento tem uma taxa de juros inferior a de empréstimos e pode ser utilizada em algumas situações. Cada programa deve dispor de regras de financiamento diferente.

No financiamento estudantil, o beneficiado só começar a pagar o valor requirido após a conclusão do curso ou do tempo determinado por contrato.

Como financiar?

Como mencionado, exitem alguns programas que poem ajudar a começar o seu curso de nível médio. Uma delas é o Fies 2019que oferece diversas possibilidades de financiamento estudantil com as taxas de uros mais baixas do mercado.

O programa dispõe de alguns critérios e antes de realizar a sua inscrições Fiesvocê deve conferir se está de acordo com as exigências de contrato. Muitos estudantes já conquistaram seu diploma de graduação através do Fies e para ser o próximo, se inscreva!

Além do Fies, você ainda pode se inscrever em programas como o PraValer, que oferece crédito estudantil. A inscrição é simples e pode ser acessada a qualquer momento através da plataforma digital do PraValer.

Prós e Contras

Mas será que contratar um financiamento para pagar a sua faculdade vale mesmo a pena? Antes de decidir, confira abaixo alguns prós e contras de um financiamento estudantil:

Prós

Taxas de juros – Diferente da maioria dos empréstimos e financiamento, a categoria de financiamento estudantil dispõe da baixas taxas de juros. Por isso, para quem almeja concluir o seu curso em breve, pode ser uma boa opção.

Ensino de qualidade – A maioria dos programas de financiamento só possuem convênio com instituições de qualidade, devidamente avaliada pelo Ministério da Educação (MEC).

Pagamento a longo prazo – Com o financiamento, você poderá se planejar para pagar o valor requirido e terá um longo prazo para começar a cumprir o pagamento.

Contra

Risco – Para alguns especialistas, fazer um divida a longo prazo pode ser um risco imprevisível e acabar se tornando um prejuízo para o estudante.

Custo do curso – O valor mensal do curso varia de acordo com a área e por isso, não existe uma média de financiamento. Isto depende de cada caso.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *